Existem quatro etapas no ciclo de um produto ou marca. Conhecendo o ciclo de vida do produto, você pode gerenciar estrategicamente a sua marca.

O que é o ciclo de vida do produto?

O ciclo de vida do produto é o período pelo qual todo produto passa desde a introdução no mercado até o seu declínio. Assim como passamos por diferentes fases da nossa vida, como a infância, a adolescência e a vida adulta, os produtos e marcas também passam por diferentes fases no mercado.  

De acordo com o modelo de ciclo de vida do produto (CVP) as quatro etapas para descrever a trajetória de um produto ou marca são: introdução, crescimento, maturidade e declínio.

Antes de tudo, é preciso salientar que nem todos os estudos de marketing aceitam este conceito sem certas críticas ou oposições. Isto se deve ao fato que o modelo de ciclo de vida  não prevê a dimensão de cada fase.

Além disto, não há uma precisão de quando ou em qual “idade” o produto ou marca entrará em cada ciclo. Também existe a possibilidade que alguns produtos, dependendo das estratégias de gerenciamento, pulem alguma etapa.

De fato, percebe-se que muitas marcas nunca entraram em declínio, assim como tantas outras nem chegaram à maturidade.

Por outro lado, o modelo de ciclo de vida é eficaz ao mostrar que marcas gerenciadas com sucesso geralmente se tornam mais lucrativas durante as fases de crescimento e maturidade.

Portanto, um empresário ciente de que a sua marca encontra-se em uma destas fases poderá por meio de ações estratégicas criar formas eficientes de intensificar estes ciclos para obter um maior retorno do seu investimento (ROI).

Assine nossa newsletter e junte-se a milhares de empreendedores!



As fases do ciclo de vida do produto: da introdução no mercado ao declínio:

Quando se abre uma empresa e se cria uma marca, tudo que o empreendedor deseja é lançar um produto bem-sucedido e obter lucros por meio de vendas. Em toda a trajetória de uma marca há altos e baixos. Mas como entender este processo e o modelo de ciclo de vida de um produto na prática?

Durante a fase de introdução, por exemplo, os esforços devem se direcionar para a realização de uma efetiva campanha promocional e publicitária. É neste ciclo que o marketing deve se destinar a aumentar a conscientização sobre o novo produto e conquistar os primeiros clientes.

Dependendo da natureza do produto, ele terá um preço alto para que seus custos de desenvolvimento possam ser recuperados rapidamente ou ter um preço promocional para incentivar seu consumo e facilitar a sua aceitação no mercado.

Acompanhe-nos neste artigo e entenda cada um dos ciclos. A princípio, você perceberá que cada fase exigirá diferentes ações de marketing para maximizar a rentabilidade do produto.

#1 Fase da introdução:

Esta é a primeira fase após o lançamento na qual a empresa lança seu produto no mercado e começa a vendê-lo. Nesta etapa, o produto deverá estar disponível no mercado para todos os clientes.

Em suma, é neste ciclo que o empreendedor investirá um maior orçamento em marketing e publicidade na divulgação da marca, porque este é o primeiro estágio do produto no mercado.

Embora a empresa tenha mais custos em função do lançamento do produto estar disponível e sendo comercializado no mercado, nem sempre a receita é suficiente para cobrir todas as despesas.  

Desta forma, o que se espera é o produto comece a cobrir as despesas e custos e o empreendedor.  Antes de introduzir o seu produto no mercado, lembre-se de proteger os seus negócios com o registro de marca.

Caso contrário, antes mesmo de seu produto alcançar o estágio de maturidade, você corre o risco de surgir marcas iguais ou similares no mercado. Uma marca registrada lhe dará mais fôlego e subsídios para avançar para as próximas etapas.

#2 Estágio de crescimento:

Após a introdução do produto no mercado, inicia a etapa intitulada estágio de crescimento. Nesta etapa, a empresa obterá a resposta do cliente em relação ao seu produto ou marca.

Mas como perceber que o produto se encontra neste estágio? Se a empresa notar que os clientes estão apreciando o produto e adquirindo com mais frequência ou em maior volume, produto está mudando para o estágio de crescimento.

No entanto, neste ciclo ainda será necessário investir bastante em publicidade e marketing, porque o produto precisa de apoio para se destacar diante da concorrência. É nesta etapa que o produto se tornará o carro-chefe da do negócio e começará a gerar novos lucros. Ou seja, o produto estará cobrindo todos seus custos e despesas.

Com feedback, suporte e gerenciamento adequados em termos de publicidade e promoções, o produto chegará de forma rápida e bem-sucedida ao estágio da maturidade.

#3 Estágio de maturidade:

Neste ciclo, o produto já conquistou seu status no mercado e mantém a sua posição no topo.  Portanto no estágio de maturidade, o produto terá alta participação no mercado e continua gerando lucros à empresa em maior volume.

A lucratividade é maior em função do baixo investimento que será necessário para a divulgação, visto que o consumidor já está familiarizado. O marketing consistirá em ações direcionadas apenas a manutenção e suporte.  

#4 Estágio de declínio:

O ciclo ou fase de declínio acontece quando o produto ou marca depois de muito tempo desfrutando de lucro e vendas, cai no mercado. Os fatores para que isso aconteça são os mais diversos.

Geralmente, nesta fase os clientes mudam suas preferências e mudam para outro produto. Em razão disso, as vendas caem e, consequentemente, o lucro também.

Para os especialistas em marketing, neste estágio, o empreendedor não deve investir mais recursos neste estágio. É o momento de criar ou transformar outros produtos mais eficientes e mais ligados às necessidades dos clientes. No caso de uma marca, é preciso reinventá-la.

*Bônus: estratégias para intensificar a fase de maturidade:

O estágio de maturidade do ciclo de vida do produto é bastante desafiador, pois as vendas atingem seu pico e o mercado fica saturado. Para que o seu produto mantenha-se um bom tempo no mercado, ou seja, prolongue a fase de maturidade, você pode tomar algumas precauções.

Nesta etapa, é preciso buscar formas inovadoras de tornar seu produto mais atraente para o consumidor. A primeira delas é adicionar novos recursos ou atualizar o produto. Paralelo a isso, faça promoções para atrair clientes que costumam utilizar uma marca da concorrência.

E, lembre-se sempre, será a sua estratégia de marketing que definirá o tempo de cada ciclo ou será responsável por interromper o período de vida bem-sucedido do seu produto. Algumas marcas, por falta de planejamento, vão da introdução direta ao declínio. Por outro lado, algumas desconhecem a última fase.

Para se tornar um expert em estratégias de marketing digital, faça o download no nosso E-book gratuito:

ebook-marketing-digital-para-empreendedores-de-ecommerce

Facebook Comments