Marketing de influenciadores: como essa estratégia pode ajudar o seu negócio

O marketing de influenciadores é uma estratégia eficiente para impactar o público e auxiliá-lo na tomada de decisão sobre a compra de um produto. Saiba mais!

Marketing de influenciadores

Você já se sentiu influenciado por alguém a adquirir uma mercadoria? Segundo um estudo, 76% dos consumidores já compraram um produto após conhecê-lo por meio de influenciadores digitais. Isso demonstra o poder de alcance e de repercussão dessas pessoas e abre portas para que o marketing de influenciadores seja usado por marcas de vários portes e segmentos.

O que é o marketing de influenciadores

Você deve se lembrar de comerciais antigos que usavam celebridades para anunciar produtos, não é verdade? Naquela época, a televisão era o principal meio de contato que as marcas tinham com os consumidores e essas celebridades eram os influenciadores. Ou seja, a presença delas nos anúncios era o que, muitas vezes, motivava os telespectadores a comprarem as mercadorias oferecidas.

Pois o tempo passou e hoje, embora a televisão continue importante, é a internet o canal de contato mais relevante entre diversas empresas e suas personas. Com isso, a distância entre as duas partes foi reduzida significativamente e é possível falar direto com o público, sem nenhum intermediário, diferente de como ocorria com a televisão, o rádio e os jornais.

Isso, por si só, já transformou a comunicação entre empresa e consumidor. Você pode produzir um conteúdo especialmente para a sua persona e divulgá-lo no seu blog ou no YouTube, bem como pode conversar diretamente com seus potenciais clientes pelas redes sociais. Mas e os digital influencers, onde entram nessa história?

Eles fazem um papel semelhante ao que as celebridades fazem nos comerciais, mas com um plus: os atores, cantores e apresentadores passam credibilidade ao público apenas com a sua presença nos comerciais de TV. Já os influenciadores digitais fazem isso ao ter um contato ainda mais próximo com o produto, às vezes até mesmo utilizando-o no seu dia a dia e mostrando isso ao seu público fiel.

E é isso que faz a diferença para impactar a persona de uma marca. O marketing de influenciadores, como é chamada essa estratégia, transmite confiança e credibilidade, já que é feito por alguém que, ao mesmo tempo em que tem fama, também é muito próximo dos seus seguidores.

Quem são os digital influencers

O marketing de influência pode ser feito por pessoas de todos os perfis, basta que elas tenham certo poder de repercussão na internet. Isto é, as celebridades continuam sendo influenciadoras, mas hoje é possível que qualquer outra pessoa também faça esse papel, até mesmo gente como a gente, que cria um canal no YouTube ou tem muitos seguidores nas redes sociais.

O relacionamento entre marca e influenciador digital pode ocorrer de diversas formas no marketing de influência. Existem empresas que apenas mandam seus produtos para os digital influencers, que os recebem e mostram ao público. Porém, firmar uma estratégia mais sólida com os influenciadores para que eles utilizem as mercadorias no dia a dia ou falem sobre elas costuma ter mais sucesso.

O importante nisso tudo é que o consumidor tenha a percepção de que uma pessoal real usa e gosta do produto em questão e que não é apenas mais uma marca fazendo propaganda do próprio artigo que comercializa. Aliás, segundo dados do Google, 3 em cada 4 pessoas acham importante que o YouTube tenha pessoas reais, autênticas ou parecidas com elas, por exemplo.

Na prática, isso pode ocorrer de várias maneiras. Em se tratando de celebridades, um caso muito interessante é o da cantora Rihanna, que publica tutoriais de produtos da sua marca de cosméticos Fenty Beauty no canal da empresa no YouTube. Apesar de a artista ser a dona do negócio, mostrá-la usando os produtos da marca é um diferencial para impactar a decisão de compra dos consumidores.

Mas a sua marca não precisa contratar alguém com tanta fama assim. Imagine que você comercializa produtos para bebês, por exemplo, e quer divulgar a sua nova linha de roupas. Você pode firmar parceria com uma mãe ou um pai que esteja esperando um bebê ou tenha uma criança em casa e tenha um bom poder de repercussão na internet.

É fundamental analisar quantos seguidores o digital influencer tem, já que isso representa seu poder de influência, mas também é preciso ter atenção ao quanto essa pessoa tem em comum com o seu público ou responde às necessidades dele. Não há dúvidas de que a Rihanna é mais famosa do que uma mãe influenciadora da sua região, por exemplo, mas ela pode não ter o mesmo impacto com a sua persona.

Como trabalhar com o marketing de influência

Como em qualquer tipo de campanha, para trabalhar com marketing de influência o primeiro passo é fazer o planejamento, definindo, antes de tudo, os objetivos da estratégia. Eles podem ser diversos, como gerar mais leads, aumentar a visibilidade da sua marca ou gerar vendas. O importante é que as metas e as métricas de acompanhamento estejam bem estabelecidas.

Depois, é hora de pensar no conteúdo e no tipo de parceria. Ela pode ter apenas inserções pontuais, como o envio de um produto para o influenciador ou a presença dele em um evento; pode ser uma campanha mais longínqua, com diversas publicações do influenciador; ou pode ser uma estratégia realmente em longo prazo, em que o digital influencer se torna um tipo de embaixador da marca.

Além disso, é preciso escolher qual é a categoria de influenciador que é mais estratégica para a ação que você pretende desenvolver. Veja os principais tipos:

Autoridade: é o tipo de pessoa que é especialista no assunto em questão e tem muita credibilidade com o público que se interessa pelo tema. Boa escolha para vender mais;

Top celebridade: é o influenciador que todos conhecem, mas que não tem uma conexão direta com o seu segmento. É mais estratégico para ganhar visibilidade;

Fit celebridade: é a pessoa que todo mundo conhece e que tem ligação com o seu mercado. Boa opção para gerar leads e vender mais;

Ecossistema: refere-se ao uso de vários pequenos influenciadores que se dedicam ao mesmo tema, aumentando a repercussão da sua marca. Pode aumentar a visibilidade e gerar leads.

De modo geral, não há uma receita pronta para escolher os digital influencers. É preciso pesquisar e ver o que mais se enquadra à sua estratégia. Contar com agências que gerem a relação entre marcas e influenciadores também é uma boa alternativa. Alguns exemplos de empresas que fazem isso são Squid, Influency.me, Kuak e CoCreators.

Conte com o marketing de influenciadores para impulsionar seus resultados

Como vimos, o marketing de influenciadores tem um grande poder de persuasão e impacta, e muito, na decisão de compra pelo consumidor. Por isso, estude essa estratégia e coloque-a em prática para otimizar ainda mais seus resultados. Temos certeza que você colherá benefícios com ela!