A retomada do crescimento da economia nacional em 2018, ainda que não dê espaço para extravagâncias, já cumpre seu papel ao gerar uma calorosa expectativa de que as vendas na Páscoa deste ano aumentem. Isso porque o cenário positivo do mercado tende a impulsionar uma procura maior não só por produtos tradicionais deste período, mas também por outras opções que agradem aqueles que dispensam o doce.

Então, de olho nesse cenário, é natural que os comerciantes estejam vivendo uma mistura de expectativa e cautela diante da proximidade desta data comemorativa. Diante disso, como preparar o seu e-commerce para as vendas na Páscoa? Será que vale tudo? Siga conosco e entenda quais fatores levar em consideração na hora de preparar as estratégias, as campanhas e as vendas em um mercado tão competitivo!

Nem só de chocolate são feitas as vendas na Páscoa

Olhando para o mercado de chocolates, as gigantes do setor estão otimistas, apostando em produtos novos e mais caros. A estimativa mais atual é de um crescimento nas vendas e na produção entre 5% e 20%, na comparação com 2017, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e derivados (Abicab).

Uma previsão que, num primeiro momento, pode parecer bastante animadora, não fosse o fato de que o primeiro trimestre de 2017 foi marcado por um grave período de recessão e desemprego, deixando evidente que, embora a previsão seja de retomada, ela sem dúvida chega com timidez. Afinal, nivelar por baixo nunca é a melhor alternativa para o mercado.

E essa realidade se reflete desde agora nos e-commerces, não somente de chocolates, mas dos mais diversos produtos e serviços que ganham apelo na Páscoa. Como exemplos, podemos citar as estadias em hotéis, considerando que são ótimas pedidas para o feriado prolongado, ou mesmo lojas de presentes diversos para agradar crianças e adultos que, por algum motivo, abrem mão dos ovos de Páscoa.

A mais valiosa das perguntas aqui é, portanto, como o empreendedor pode fazer uma aposta com qualidade e assertividade para não apenas garantir um bom faturamento agora, mas conquistar e cativar uma clientela fiel para faturar o ano todo.

Hoje, a confiança na economia cresceu e, como resultado, as pessoas estão mais propensas a comprar produtos que no ano passado foram cortados da lista. E é na composição deste cenário que os comerciantes têm visto brechas para investir em artigos novos, inéditos e que atiçam a sua curiosidade. Tudo isso sem esquecer que, mesmo abertos a novas experiências, os consumidores ainda estão com os bolsos mais contidos em 2018.

Junte-se a milhares de empreendedores. Assine nossa newsletter!



Inovação, tecnologia e preços baixos são as apostas para as vendas na Páscoa de 2018

Não é de hoje que as empresas focam sua atenção no comportamento do consumidor, que mais de uma vez obrigou o mercado a rever suas estratégias e se adequar a novos cenários. Mais do que nunca, o atual processo de compra de um produto envolve diversos fatores. Um deles — talvez o principal — é a experiência que a compra, o produto ou o serviço é capaz de oferecer ao cliente.

Atualmente, as marcas que atuam com vendas na Páscoa já sabem que a data está relacionada a diversas questões na vida do comprador. Ele pode ser um apaixonado por chocolate, pode estar presenteando alguém que ama ou pode presentear alguém que nem se importa tanto com o ovo de chocolate e prefira outros produtos.

É com esse fato em mente que o empreendedor precisa dedicar um tempo para organizar ideias para vender na Páscoa oferecendo para seus clientes algo que vá além do tradicional. Sem dúvidas, é o momento certo para investir em embalagens criativas, com tags ou rótulos personalizados e originais, por exemplo.

Além disso, sempre que uma data comemorativa importante para o comércio está próxima, é indispensável que as empresas invistam na temática da comemoração para garantir uma abordagem honesta e com retorno rápido. Mesmo que o consumidor não tenha a intenção de fazer suas compras de Páscoa, dar de cara com toda a temática da data pode ativar um gatilho emocional que estimule o interesse pelos produtos expostos, pois ele assimila que a data está chegando.

Neste caso, os e-commerces ganham destaque para conquistar melhores resultados com as vendas na Páscoa, pois podem inovar na criatividade sem limites em seus espaços virtuais, além de darem a oportunidade do consumidor comprar em qualquer lugar, a qualquer hora.

No caso da decoração para as vendas na Páscoa, é claro que a aposta é nos coelhinhos, suas pegadas e os ovos. Nos e-commerces, apostar na criatividade e investir em imagens ilustrativas por meio de banners, pôsteres, anúncios, aplicativos e e-mails marketing pode ajudar bastante. Afinal, ser criativo e ter um bom preço são as formas mais efetivas para atrair a atenção do consumidor.

Todas as ideias para vender na Páscoa devem ser ponderadas e pensadas de acordo com o seu público e a sua marca. É importante que um e-commerce focado na venda de produtos sem qualquer relação com a Páscoa não fuja da sua maneira de se comunicar apenas para aproveitar o momento: isso pode abalar a credibilidade da sua marca.

Desenvolva ações estratégicas nas mídias sociais

Ainda que o seu negócio já faça isso, é imprescindível ampliar as ações nas mídias sociais durante o período de vendas na Páscoa. Por isso, focar em estratégias diferenciadas, como a postagem de dicas de uso de determinado produto ou a criação de enquetes que estimulem a participação ativa dos usuários, pode ser uma boa iniciativa.

O famoso “mais do mesmo” pode até funcionar, mas é importante que o empreendedor se lembre que, mesmo o foco sendo um faturamento bom com a data, o objetivo é fidelizar e conquistar o cliente em longo prazo, por isso a importância de estratégias inteligentes e bem pensadas quando o assunto são ideias para vender na Páscoa.

Promover as vendas a partir de sorteios e concursos, por exemplo, pode trazer resultados muito mais satisfatórios se for planejado com antecedência e receber o investimento na medida certa para o lucro desejado.

Sugar free: ideias para vender na Páscoa sem depender do chocolate

Mesmo estando fora do pódio de datas comemorativas mais populares para o comércio — Natal, Black Friday e Dia das Crianças lideram —, a Páscoa costuma aquecer as vendas, principalmente as de chocolates. Mas, como vimos, não são apenas as empresas deste segmento que podem aproveitar o momento.

O chocolate pode ser a forma mais tradicional de presentear, mas é possível ir um pouco mais a fundo e explorar todos os outros sentimentos que são celebrados nesta data, como união, gratidão, companheirismo e bem-estar. Para isso, é importante começar com o planejamento para as vendas na Páscoa: tenha em mente a ideia de aproximação, que tem tudo a ver com a comemoração, na hora de montar sua estratégia de divulgação e venda. Além, claro, de fazer tudo isso com antecedência.

Apesar de ser comemorada no domingo, a Páscoa é antecedida pelo feriado da Sexta-feira Santa, em que é celebrada a Paixão de Cristo. Com isso, independentemente de crenças ou religiões, boa parte das pessoas tem, pelo menos, três dias para descansar. Assim, sua campanha pode focar, por exemplo, em dicas e promoções para os clientes aproveitarem o fim de semana prolongado, como passagens para um destino atrativo, uma massagem relaxante ou livros para ler no feriadão.

Relacionar sua oferta de alguma forma com o feriado, indo para temas correlatos, também é uma ótima ideia para vender na Páscoa. Para quem exagerou no chocolate, por exemplo, campanhas que foquem na saúde corporal e produtos desintoxicantes podem ter um retorno bem agradável.

Mesmo que você não consiga fazer essa correlação, há quem prefira presentear com outras opções, como flores, vinhos e livros. Nesses casos, capriche na arte que lembre a data, mas dê alternativas diferenciadas para o consumidor escolher.

Existem várias opções para movimentar e ampliar os resultados do seu e-commerce com as vendas na Páscoa. Basta escolher a estratégia mais adequada para o seu negócio e aproveitar a época mais doce do ano para faturar. Se você quiser entender melhor toda essa questão de vendas, baixe gratuitamente o e-book Como Vender Mais em seu E-commerce, que fizemos especialmente para ajudar você a alavancar as vendas no mundo digital:

como-vender-mais-no-ecommerce

E, claro, além de todas as ações que citamos ao longo deste artigo, é essencial para o seu e-commerce garantir que os clientes façam os pagamentos com exatidão e transparência. Para isso, você pode contar com o Wirecard! Nossa solução cuida de toda a burocracia para receber pagamentos online.

Facebook Comments